facebook
vimeo
instagram
newsletter

“UNI-VERSO

Criação Coletiva
Espetáculo  para M/6 anos

O Tanabata é uma festa muito especial no Japão. Nesse dia as pessoas comemoram a conjunção de duas estrelas da Via Láctea. Há muitos anos, o casal Yokohama conheceu-se num Tanabata e convenceu-se de que a sua união fora planeada pelos astros. Foi assim que decidiram fazer uma lista com os desejos que haveriam de realizar durante a sua vida. Hoje, muitos anos depois, o casal Yokohama já realizou todos os desejos daquela lista. Todos, menos um. Um que foram deixando sempre para trás.

Mais infoGaleriaVídeo

SMILE

“Um dia serei grande”

Criação colectiva
Teatro de marionetas para a infância – Sala de aula (preferencial) ou auditório

Espetáculo de maionetas e objetos, pretende transportar as crianças para uma viagem, do nascimento até à escolha de uma profissão, do protagonista da história, o João. O João irá confrontar‐se com dúvidas e escolhas, para cuja resolução será importante a sua formação, mas também o conhecimento do mundo.

Mais infoGaleria

“Laços”, de Daniel Keene

(inclui O que resta, A quem possa interessar e Nem perdida nem achada)
Espetáculo para M/16 anos – Auditório

A forma é breve, curta, tem a economia dum poema. “Pessoas desprovidas de privilégios, que não têm nenhum ‘estatuto’, que não têm nenhum poder”, procuram laços, saídas, respostas. No mundo, no lá fora, procuram pistas para um entendimento do que lhes acontece ou constroem histórias onde possa caber uma promessa de felicidade, de vida, de esperança, de amor.

Mais infoGaleria


“Passadeira Vermelha”

Baseado na obra “As Preciosas Rídiculas”, de Molière
Espetáculo para M/6 anos – Espetáculo de teatro de rua ou Auditório

Duas jovens “modernas”, criadas por um pai humilde e trabalhador, vêem destruídas as suas ambições de ascensão fácil a uma vida de estrelato quando são obrigadas a casar com dois jovens que não consideram à sua altura. Num mar de acontecimentos insólitos, elas tentam de tudo para convencer o pai das desvantagens do casamento. Eles, de ego ferido pela rejeição, tratam de preparar um embuste, parodiando os maneirismos que elas entendem como exemplo maior da sofisticação.A realidade é posta a nu quando o engano é desfeito e se reconhece a longa distância que separa o que realmente se é e o que se aparenta ser.

GaleriaVídeo