facebook
vimeo
instagram
newsletter
08 0

Posted by  in Notícias

A Baal17 – Companhia de Teatro procura um (a) produtor (a) executivo (a) para integrar a sua equipa

Funções:
– Disponibilidade para trabalhar em Serpa durante 2020;
– Produção Executiva das atividades com enfoque no acompanhamento e monitorização;
– Procura por novos apoios e vendas de espetáculos;
– Apoio à comunicação e imagem;
– Apoio à realização de candidaturas e respetivos relatórios;
– Gestão do calendário das actividades e respetivos planos de trabalho;
– Apoio à gestão financeira.

Perfil:
– Habilitações académicas ao nível da licenciatura;
– Experiência anterior na área de produção das artes do espetáculo;
– Disponibilidade para trabalhar em horários diferenciados;
– Capacidade de trabalhar em equipa;
– Motivação e capacidade para trabalho de escritório e trabalho no campo;
– Ser autónomo/a, organizado/a e responsável;
– Excelente expressão e comunicação escrita e oral, em português e em inglês;
– Dominar softwares básicos.

Remuneração: Compativél com a função
Regime: Full-time

Os interessados devem enviar curriculum vitae e carta de motivação até ao dia 22 de janeiro para baal.17@mail.telepac.pt

Sobre a Baal17

A Baal17 – Companhia de teatro, está sediada em Serpa, desde o ano 2000, com o objetivo estrutural de fomentar o interesse das populações pela cultura em geral e pelo teatro em particular, interligando a Companhia com as escolas, a comunidade e as mais variadas entidades e instituições nacionais e internacionais.
A sua atividade desenvolve-se em três áreas: A criação teatral e a itinerância (produziu até hoje 45 espetáculos de teatro); a Programação (Festival Noites na Nora – evento multidisciplinar que este ano comemora a 21.ª edição; e Cenas de Novembro – Encontro de Teatro); e a Educação, onde desenvolve o programa de Teatro, Educação e Comunidade (TEC). O ponto de fuga em termos de objetivos estratégicos da Companhia é a construção do Centro Artístico “Cultura Viva” – pólo de produção, criação e difusão cultural e artística. É na concretização deste projeto, em que a cultura se assume como o fator determinante do desenvolvimento social, que a atividade da companhia conflui e se unifica.
É uma estrutura financiada pela DGArtes/República Portuguesa e subsidiada pelo Município de Serpa.

Leave a comment

* required