facebook
vimeo
instagram
newsletter
06 0

Posted by  in Espetáculos

“ACTO CULTURAL” é a 47.ª produção Baal17 e marca as comemorações dos 20 anos da Companhia.

12,13 e 14 de março I Cineteatro Municipal de Serpa I 21h30

 SINOPSE

Em “Acto Cultural” vamos conhecer personagens de vidas vazias, solitárias, sem perspetivas, sem ambições, que moram numa pequena cidade do interior da Venezuela – San Rafael de Ejido. A solidão junta esses personagens na Sociedade Louis Pasteur, que tem como objetivo a promoção da Cultura.

Nesta noite, elas cumprirão o desafio de fazer Teatro pela primeira vez, promovendo um “Acto Cultural” – a encenação da peça “Cristóvão Colombo, o Genovês Alucinado”, que conta a viagem de Colombo para a descoberta da América.
Os atores amadores  acabam por misturar as próprias vidas com as dos personagens da peça que encenam e é aí que se revelam e se aprofundam as suas poderosas angústias.

Mas entretanto, “Acto Cultural” é também uma deliciosa comédia, onde o autor, José Cabrujas, transforma esse tema espinhoso em momentos de muito humor.

FICHA ARTÍSTICA/TÉCNICA

Texto_ José Ignacio Cabrujas I Encenação e Dramaturgia _ Clovis Levi I Interpretação _ Bárbara Soares, Filipe Seixas, Marisela Terra, Rolando Galhardas, Rui Ramos e Sandra Serra I Cenografia e Figurinos _ Bruno Guerra I Assistência cenografia e Figurinos _ Sabrina Martinho e Fabrice Zieglar I Desenho de Luz _ João Sofio I Design Gráfico _ Susana Marques I Fotografia _ Fabrice Zieglar I Vídeo _ Nelson Canhita/Videoplanos I Corte figurino e costura _ Mestra Rosário Balbi I Produção _ Sandra Serra I Gestão _ Rui Ramos

Classificação _ M/12 anos I Duração _ 80 minutos

Criativos delírios da alma humana

Em tese, os governos preocupam-se (quando se preocupam) com políticas que procurem o bem-estar dos cidadãos. Pouquíssimos governos se interessam verdadeiramente pela Arte e pela Cultura, pelo Imaginário, pelas Fantasias, pelos Criativos Delírios da alma humana. Para lavarem suas piláticas mãos atribuem subsídios (aqueles que atribuem subsídios) mas não propõem uma verdadeira política cultural com objetivos concretos a serem alcançados.

A ausência de tais princípios norteadores causa os desencontros denunciados por Cabrujas.

Poderá a alma humana sobreviver à ausência dos Delírios Criativos?

Clovis Levi – encenador

SOBRE O ENCENADOR

Clovis Levi é Doutor em Teatro (Encenação) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Jornalista, foi crítico de teatro do jornal O Globo. Autor de teatro e TV (seriado O Bem Amado, Rede Globo), escritor de livros infanto-juvenis, publicados no Brasil e em Portugal.

Atualmente, leciona no Rui de Janeiro, na Faculdade CAL de Artes Cênicas, na cadeira de Interpretação. Foi docente em Portugal, na Escola Superior de Educação de Coimbra, entre 2001 e 2012.

Recebeu o Prémio Governo do Estado de São Paulo, Melhor Texto, com a peça teatral Se chovesse, vocês estragavam todos (coautoria de Tania Pacheco); e acabou de ser Finalista do Concurso Literário Barco a Vapor, Edições SM, 2017, com o livro O Gato de Botas de Sete Léguas. É autor do livro trilíngue Teatro Brasileiro: um Panorama do Século XX.

Estudioso, encenador, autor, professor, Clovis Levi é uma referência no panorama teatral e mentor de centenas de atores e atrizes em Portugal e no Brasil.

Leave a comment

* required