facebook
vimeo
instagram
newsletter
04 0

Posted by  in Noites na Nora

“Como acontece nos melhores intérpretes e autores, o que importa é o que não é dito, são as entrelinhas, o silêncio que Márcia deixa respirar e que é onde está tudo o que não é possível dizer através das grades das palavras. Seja apenas acompanhada pela viola ou com arranjos que juntam mais instrumentos, como acontece no seu óptimo álbum de estreia, esse silêncio – essa verdade – está sempre presente. E ouve-se bem, e tantas vezes é igual a nós.”

Nuno Miguel Guedes

Leave a comment

* required