facebook
vimeo
instagram
newsletter
13 0

Posted by  in Espetáculos

“das Ding”, a 21 de Novembro, e “Como assim levantados do chão”, a 12 de Dezembro, encerram a programação do Novos Palcos 2014.
das6

Susana Nunes em “das ding”

Paris, hospital de Sainte Anne, 1932. Um jovem psiquiatra encontra-se diariamente, durante ano e meio, com uma mulher que, por tentar esfaquear uma atriz famosa, acaba de ser internada. Como num caso clínico, a história constrói-se com base em “evidências”, factos públicos, para tentar isolar a identidade imaginária desta mulher – os seus duplos, os seus perseguidores -, e investigar os trâmites da violenta passagem ao ato.

É este o argumento para “das Ding”, um projeto de Susana Nunes, em coprodução com o projeto Ruínas e o apoio da Baal17, que sobe ao palco do Cineteatro Municipal de Serpa, no dia 21 de Novembro, às 21h30.

COMO ASSIM LEVANTADOS DO CHÃO imagem-03

Constante, o cão, constantemente em cena.

Em “Como assim levantados do chão” partiu-se da última frase do romance Levantado do Chão de José Saramago, no qual os trabalhadores rurais do Alentejo se levantam do chão, à data de um 25 de abril.

E nós perguntamos, como assim, levantados do chão, pois passados estes anos ficámos sem entender a metáfora, e é também do romance Levantado do Chão que é dito, à laia de mito, que se terá consolidado o saramaguiano estilo de narrar. É pois, a partir do encontro com essa voz de narrador que nos faz arriscar a viagem sobre o inenarrável, a nossa vida, portanto, o destino daqueles trabalhadores rurais que ocuparam as terras e perderam a aposta, a terra que doravante ficou inculta, o “falhámos a vida, menino” do João da Ega (de “Os Maias”), enfim, sobre o que ainda precisamos de escrever sem sabermos narrar.

Com texto de  Miguel Castro Caldas, música de Teresa Gentil e as interpretações de Carlos Marques e Susana Cecílio, “Como assim levantados do chão, acontece no Cineteatro Municipal de Serpa, dia 12 de Dezembro, às 21h30.

Na sua 5.ª edição, o  Novos Palcos – programa mensal de acolhimento teatral – tem como objetivo o reforço da programação teatral regular e a criação e formação de públicos. Acolheu ,em 2014, as companhias Trigo Limpo Teatro Acert, Projeto Ruínas, AL Teatro, Teatro da Didascália, e os criadores Carlos Marques, Susana Cecílio e Susana Nunes.

Leave a comment

* required