facebook
vimeo
instagram
newsletter
02 0

Posted by  in Noites na Nora

«PROGRAMAÇÃO (NNN) – EDIÇÃO ENTRE PARÊNTESIS
DIAS 10, 11, 12, 17, 18 e 19, 23, 24 e 25

DIAS 10. 07 I INSTALAÇÕES PERFORMATIVAS *
21H30« CENTRO ARTÍSTICO BAAL17

Foto_ Fabrice Ziegler

20 anos Baal17/NNN
Percursos contínuos para grupos de até 5 pessoas

O futuro Centro Artístico da Baal17, centro nevrálgico do NNN e também da Companhia que este ano comemora 20 anos de existência, abre portas ao público convidando-o a fazer uma viagem nesta “casa” metafórica que a Baal17 foi construindo ao longo de duas décadas.
O caminho percorrido materializa-se agora no Centro Artístico com instalações performativas que são reflexo de um projeto em permanente construção e diálogo com a comunidade onde se insere.
Neste espaço, onde “a arte é forma de vida coletiva em liberdade”, comungam vários artistas, autores, inspirações, inquietações e também a invisibilidade dos processos de criação. Celebração, obsessão, memória, caminho, luto, luta, palco, vida – um convite a uma viagem aos bastidores de um estado criativo em constante transformação.


10.07 I TEATRO
21h30 «LARGO DOS CONDES DE

TEATRO DO MONTEMURO I “Fanzine”

A mestre do crime, Caos, escapa do mundo da banda desenhada para o século XXI, com a única intenção de fazer estragos. Auxiliada por Pandemónio, ambiciona vergar a civilização, roubando a Internet.
Todos os seus antigos adversários, os Super-Heróis, estão agora aposentados dessa atividade. Parece não haver nada, nem ninguém, que a possa impedir. Mas, quando um velho e familiar sinal aparece na noite escura, os antigos heróis deixam as suas atuais vidas como taxistas, entregadores de pizza e instrutores de fitness para se reunirem novamente.
Conseguirão, os antigos Super-Heróis, esquecer velhas inimizades e rivalidades e reaprender a usar os seus poderes? E, face a um novo tipo de ameaças, necessitarão de encontrar novas formas de combater?
Será que as suas vulnerabilidades – kriptonita, artrite, intolerância ao glúten – que Caos tão bem conhece, os vão impedir de cumprir a sua missão? Ou serão os Super-Heróis, capazes de voltar a salvar o mundo?

Criação Coletiva I Dramaturgia e encenação _ Peter Cann I Cenografia, adereços e figurinos _ Helen Ainsworth
Direção musical _ Manuel Brásio I Desenho de luz _ Paulo Duarte I Interpretação _ Abel Duarte, Eduardo Correia, Paulo Duarte, Rebeca Cunha e Sílvia Santos I Operação técnica_ Carlos Cal e Manuel Brásio I Fotografia e vídeo _ Lionel Balteiro
Classificação etária _ M/6 | Duração _ 60 minutos


11.07 I MÚSICA
22h00 «PARQUE DESPORTIVO
A GAROTA NÃO

A garota não
É franqueza, pouco artifício.
Chega de um dos fins do mundo de pé descalço, com algumas unhas pintadas. Toca guitarra mas pouco. Toca piano mas pouco. Gosta de escrever mais do que de falar, e de cantar mais do que escrever.
A garota não é o projeto da cantautora Cátia Mazari Oliveira.
Sem artifícios, canta uma reflexão deliciosamente interventiva sobre os nossos tempos, fazendo uma abordagem atual, genuína e doce.
Em Rua das Marimbas Nº 7, álbum de estreia com produção de Sérgio Mendes, conta com um coletivo de incríveis: Pedro Nobre, Diogo Sousa, Ana Du Carmo, Carolina Canto-de-Pardal, Frankley, Fernando Molina.
Com influências que vão desde o rap português ao folk americano, passando pela música popular brasileira e pelo pop britânico, A garota não canta o que dói por dentro, o que ri por fora, o que os dias trazem. São eles, os dias e a vida que neles se derrama, o que a inspira: delicadeza, relações, sonhos, o respeito por quem está e a falta dele, o amor.


DIA 12.07 I TEATRO PARA A INFÂNCIA
21h30 «ESPAÇO NORA
BAAL17 I “Um dia serei grande”

Foto_ Hugo Fernandes

João nasceu num susto sem saber como. Enquanto se constrói, ganha a consciência de que é necessário fazer escolhas e de que existem regras para cumprir.
Vai para a escola para aprender e para descobrir quem é.
Aprende a ler, aprende a matemática, fica a saber que há coisas que não sabe, e que existirá um futuro onde nem sempre as coisas serão fáceis.
Depois vai viajar. Descobre-se mais um pouco, e descobre que o mundo é muito grande e nele vivem muitas e diferentes pessoas. E ele, tal como os outros, um dia crescerá, um dia terá uma profissão, um dia será uma parte transformadora da sociedade. Um dia será grande.

Criação coletiva I Encenação _ Rui Ramos I Interpretação _ Filipe Seixas e Marisela Terra I Adereços e construção marionetas _ Coletivo I Cenografia _ Ana Rodrigues e Ivan Castro

Classificação _ M / 6 anos I Duração _ 45 min


DIAS 17.07 e 18.07 07 I PERFORMANCES

21H30 «JARDIM DOS CONDES DE FICALHO

Espectáculo performativo em modo deambulatório no jardim do palácio dos Condes de Ficalho. Proposta artística da baal17 criada em colaboração com artistas convidados.

Vivemos tempos de grandes exceções, de suspensão de valores fundamentais. Como artistas temos a responsabilidade e o dever de usar a nossa arte para procurar alternativas, para estimular uma visão mais ampla e colectiva do que poderá ser o futuro. Autoproclamamos um estado onírico como medida de exceção e urgência. Uma ode, uma necessidade de voltar às origens destes rituais, destes estados oníricos de exuberância e exagero, a esta necessidade misteriosa que o ser humano tem de observar a si próprio nos outros, através do teatro, da dança e da música.


DIA 19.07 I TEATRO PARA A INFÂNCIA

21h30 «ESPAÇO NORA

FÉRTIL CULTURAL I “Eu é que conto”

Uma senhora que colecciona livros sabe-se lá onde, vem para contar uma história. Mas como é muito distraída chega atrasada, acaba por tropeçar em tudo e sem querer entra numa outra dimensão, a da imaginação. Confusa e com outros personagens a invadi-la constrói uma história diferente, divertida e cheia de criatividade. Baseando-se nos contos dos irmãos Grimm e histórias tradicionais portuguesas esta senhora dá-nos um momento de teatro surpreendente.

Criação e interpretação _ Neusa Fangueiro I Apoio à criação e música _ Rui Alves Leitão I Figurino_ Cláudia Ribeiro I

Classificação _ M/6 anos I Duração _ 35 mn

Mais em _ https://www.fertilcultural.org/

DIA 23.07 I INSTALAÇÕES PERFORMATIVAS *

21H30« CENTRO ARTÍSTICO BAAL17

20 anos Baal17/NNN

21h30-00h30 – Percursos contínuos para grupos de até 5 pessoas

O futuro Centro Artístico da Baal17, centro nevrálgico do NNN e também da Companhia que este ano comemora 20 anos de existência, abre portas ao público convidando-o a fazer uma viagem nesta “casa” metafórica que a Baal17 foi construindo ao longo de duas décadas.

O caminho percorrido materializa-se agora no Centro Artístico com instalações performativas que são reflexo de um projeto em permanente construção e diálogo com a comunidade onde se insere.

Neste espaço, onde “a arte é forma de vida coletiva em liberdade”, comungam vários artistas, autores, inspirações, inquietações e também a invisibilidade dos processos de criação. Celebração, obsessão, memória, caminho, luto, luta, palco, vida – um convite a uma viagem aos bastidores de um estado criativo em constante transformação.


DIA 24.07 I TEATRO

21H30 «LARGO DOS CONDES DE FICALHO

TEATRO DO MAR I “Asas d’Areia”

Asas d’Areia é um espetáculo/instalação que funde o vídeo documental e o conceptual com o circo, nomeadamente a arte do equilíbrio (arame e corda bamba) e a dança.

Debruça-se sobre a temática dos povos migratórios, contextualizando-se, de forma mais particular e numa perspectiva humanitária, nos que estão retidos em campos de refugiados. O foco do trabalho, que foge da mera ilustração do tema, ou de uma abordagem de análise política sobre o mesmo, visa essencialmente uma investigação sobre a natureza, comportamento e relações humanas, quando subordinados a condições extremas, num lugar inóspito, vazio de esperança e/ou expetativas de futuro.

Dois personagens buscam um lugar vital, essencial, que lhes preserve a dignidade e a capacidade de resistir.

Criação e Direção _ Julieta Aurora Santos I Interpretação _ Douglas Melo, Kátia Rocha I Banda Sonora _ Tiago Inuit I Cenografia _ Roberta Cangussu, Luís Santos, Adriana Freitas I Construção _ Luís Santos I Figurinos e Adereços _ Adriana Freitas I Video-Art Mapping _ Carlotta Premazzi I Video-documental _ Isabel Teixeira I Apoio Edição Vídeo _ Diogo Vilhena I Apoio ao Movimento _ Ana Pontes I Desenho de Luz _ Luís Santos

Classificação etária _ Todos I Duração _ 35 min.  (aprox.)

Mais em _ http://teatrodomar.com/web/


DIA 25.07 I MÚSICA

22H00 «PARQUE DESPORTIVO DE SERPA

NOISERV

Foto _ Vera Marmelo

Noiserv conta no seu currículo com o disco de estreia “One Hundred miles from thoughtlessness” [2008], o EP “A day in the day of the days” [2010] e o galardoado “Almost Visible Orchestra” que foi distiguido como melhor disco de 2013 pela Sociedade Portuguesa de Autores. Com mais de quatro centenas de concertos por Portugal e no resto do mundo e uma série colaborações em teatro e cinema, é em 2015 que acontece a internacionalização mais séria com a reedição do álbum “Almost Visible Orchestra” para todo o mundo através da editora francesa Naive, casa mãe de M83 ou Yann Tiersen. 2016 é o ano do lançamento de “00:00:00:00” que é descrito pelo músico lisboeta como “a banda sonora para um filme que ainda não existe, mas que talvez um dia venha a existir”. A orquestra de sons que o caracteriza deu lugar a um piano tocado a muitas mãos, enquanto da sua voz vemos sair, nos temas não instrumentais, histórias em português. O novo disco será editado em Setembro de 2020.

Mais em _

www.noiserv.net I www.facebook.com/noiserv  I www.noiserv.bandcamp.com www.youtube.com/noiserv


OS EVENTOS DECORREM DE ACORDO COM AS REGRAS RECOMENDADAS PELA DGS
Lotação dos espaços: Centro Artístico – 30 pessoas
Largo dos Condes de Ficalho – 78 pessoas
Parque Desportivo – 240 pessoas

• A reserva e compra antecipada de bilhetes deverá ser preferencialmente realizada até 24h00 antes do dia da apresentação, excetuando as devidamente assinaladas para o efeito *
• Reservas através do e-mail reservasnora@gmail.com ou ainda no Espaço Nora, de terça, dia 6, a sexta-feira, dia 24, das 18h00 às 20h00.

REGRAS DE ACESSO AO EVENTOS: http://www.baal17.pt/site/nnn-edicao-entre-parenteses-i-2020/

Leave a comment

* required